O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Diretrizes para Autores

 

Política Editorial

Pensamento Contemporâneo Psicanálise e Transdisciplinaridade é uma revista científica eletrônica e semestral do Contemporâneo Instituto de Psicanálise e Transdisciplinaridade, que tem por objetivo a disseminação do conhecimento da Psicanálise e áreas afins, na perspectiva transdisciplinar. Permanentemente aberta a submissões, não cobra taxa de editoração (article processing charges - APC) ou taxa de submissão de artigos. Publica artigos originais e inéditos, que não estejam em avaliação para publicação em outras revistas e que contemplem as seguintes categorias: artigo teórico ou empírico (pesquisa), revisão sistemática e integrativa da literatura. Os manuscritos devem ser enviados eletronicamente por este site, sem nenhum tipo de identificação do(s) autor(es), os quais deverão ter efetuado previamente seu cadastro individual. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores – Submissão. Após a aprovação prévia da equipe editorial desse periódico, os manuscritos serão submetidos à avaliação do tipo peer review (por pares), ou seja, por dois pareceristas externos.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nessa revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por essa publicação, não sendo disponibilizados a terceiros ou para outras finalidades.

 

Diretrizes para Autores - Submissão

A submissão eletrônica de manuscritos segue dois passos: Envio de e-mail manifestando interesse em publicar seu artigo e apresentação formal do artigo.

 

Passo 1- email de encaminhamento

O(a) autor(a) principal envia um e-mail de encaminhamento aos editores pelo e-mail: pensamentocontemp@contemporaneo.org.br,  com cópia para todos os autores (se houver) manifestando seu interesse de submissão e apreciação do manuscrito pela equipe editorial da revista, indicando também a categoria à qual pertence (artigo teórico ou empírico, relato de experiência profissional). No corpo desse e-mail, deverão constar as seguintes informações, em substituição à folha de rosto (não enviar folha de rosto identificada):

  1. Artigo em português, título em português  e  inglês (máximo de 15 palavras);
  2. Artigo em inglês ou espanhol, título no idioma do artigo e em português (máximo de 15 palavras);
  3. Nome e afiliação institucional (nome da instituição por extenso), se houver, de cada um dos autores;
  4. Nomes do(s) autor(es) como devem aparecer em citações;
  5. Profissão e titulação de todos os autores;
  6. Informação sobre apoio institucional (se houver);
  7. Informação sobre apoio financeiro (se houver);
  8. Endereço de correspondência do(a) autor(a) principal com o(a) qual a equipe editorial poderá se corresponder;
  9. Observações, se necessário;

Deverá ser anexado a esse e-mail somente o Protocolo de Intenção (clique para seguir o link Protocolo de Intenção) e a Ficha de Dados (clique para seguir o link Ficha de Dados), com as informações solicitadas. A equipe editorial confirmará ao autor principal o recebimento desse e-mail. O e-mail com os dados do(s) autor(es) não será encaminhado aos pareceristas ad hoc.

 Passo 2- apresentação formal do manuscrito

Os textos originais deverão ser submetidos via plataforma eletrônica mediante cadastro do (a) autor (a) no site da revista. No caso de artigo empírico, deverá ser anexada uma cópia da aprovação do projeto correspondente por um Comitê de Ética em Pesquisa e/ou termo de consentimento livre e esclarecido, quando pertinente. Os arquivos devem estar em formato Microsoft Word ou RTF (Rich Text Format)

A avaliação dos artigos é “cega” quanto à identidade dos autores sendo, portanto, responsabilidade dos mesmos a retirada de elementos capazes de identificá-los em qualquer parte do manuscrito, inclusive nas propriedades do arquivo. As submissões que não estiverem de acordo com as Diretrizes para os Autores (Passo 1 e Passo 2), serão rejeitadas e comunicadas aos autores.

O manuscrito poderá ser redigido em Português, Inglês ou Espanhol, com extensão máxima de 25 páginas, incluídas a lista de referências e notas. Deverá ser formatado em Times New Roman, 12 pt, espaçamento de 1,5 e margem superior e inferior de 3 cm e margens direita e esquerda de 2cm. A estrutura do artigo deverá conter os seguintes itens:

Título do artigo: Título no idioma do artigo e em Inglês. Se o artigo for redigido em Inglês ou Espanhol, deverá apresentar também o título em Português, com no máximo 15 palavras, Times New Roman, 14 pt.

Resumo/ Abstract: no idioma do artigo e em Inglês, em um único parágrafo, até 150 palavras, acompanhado de no mínimo três e, no máximo, cinco palavras-chave. Nos casos em que o artigo é escrito em Inglês ou Espanhol, exige-se também a apresentação de resumo e palavras-chave em português.

Palavras-chave: No mínimo três e, no máximo, cinco palavras.

Corpo do texto: artigo empírico (pesquisa) - deverá conter também as seções Método (Participantes, Instrumentos, Procedimentos); Resultados e Discussão; Considerações Finais. Nas demais categorias, a organização do corpo do texto é de escolha dos autores, observando-se as demais diretrizes desse item.

Lista de referências: as referências devem ser listadas ao final do texto, em ordem alfabética, em 12pt, espaçamento simples, conforme Normas da APA 6ª edição (2010). Exemplos do estilo de referência da American Psychological Association (APA) são mostrados abaixo.  Certifique-se de que o estilo de referência é seguido com precisão. Os autores que desejarem poderão usar o software de gerenciamento de referência para garantir que a listagem seja formatada corretamente. Um exemplo desse software é o Mendeley Reference Management Software & Researcher Network – www.mendeley.com

 Exemplo de estilo de referência APA 6ª edição (2010):

 1. Artigo científico impresso

Autor. (Ano). Título. Título do periódico, Volume (número), Páginas. doi

Ex.: Edwards, A. S. (1957). Case Studies in Childhood Emotional Disabilities. Journal of Educational Psychology, 48(7), 470‐471. doi: 10.1037/h0039337

Bianchini, D. C. S. ; Peuker, A. C. ; Romeiro, F. B. ; Castro, E. K. (2016). A comunicação profissional-paciente em oncologia: uma compreensão psicanalítica. Revista Brasileira De Psicoterapia, 18 (5), 20-36.

Bastos, A. G.; Guimarães, L. S. ; Trentini, C. M. (2016).  Predictors of response in the treatment of moderate depression. Revista Brasileira de Psiquiatria,1(5),1-20.

 2. Artigo científico eletrônico

Author. (Year). Title. Periodical Title, Volume (número), Páginas. Retirado de URL. Doi:

Ex.: Buckley, D., Codina, C., Bhardwaj, P., & Pascalis, O. (2010). Action video game players and deaf observers have larger Goldmann visual fields. Vision Research, 50(5), 548‐556. Retrieved from http://www.sciencedirect.com/science/article/B6T0W4XVC4KW 1/2/18ef13d8ac72c9d722b905102216d898. doi: 10.1016/j.visres.2009.11.018

 3. Livro completo

Calfee, RC, & Valencia, RR (1991). APA guia para a preparação de manuscritos para publicação em jornais. Washington, DC: American Psychological Association.

Brígido, MAS (2015). Entrevista Psicológica. Técnicas para diferentes entrevistas em diferentes espaços. Curitiba: Editora Appris.

Antúnez, AEA, & Martins, F, & Ferreira, MV (2014). Fenomenologia da vida de Michel Henry. Interlocução entre filosofia e psicologia. São Paulo: Editora Escuta.

 4. Capítulo de livro ou um artigo dentro de um livro

O'Neil, JM, & Egan, J. (1992). Viagens de papel para homens e mulheres: metáfora para cura, transição e transformação. Em BR Wainrib (Ed.), Questões de gênero ao longo do ciclo de vida (pp. 107-123). Nova York: Springer .

Mauleon, EX. (2016). O perdão na esfera pública. O lugar da saúde e espiritualidade. Em Brígido, MAS, & Herbes N E, & Heimann T, & Wondraceck K H. K. Perdão onde saúde e espiritualidade se encontram (pp.77-100). São Leopoldo: Sinodal.

 5. Online, primeiro capítulo de uma série (sem uma designação de volume, mas com um DOI)

Saito, Y., & Hyuga, H. (2007). Abordagens de equações de taxa para amplificação de excesso enantiomérico e quebra de simetria quiral. Tópicos em Química atual . doi: 10.1007 / 128_2006_108.

 6. Online, livro completo, também mostrando uma edição traduzida

Adorno, TW (1966). Negativo Dialektik . Frankfurt: Suhrkamp. Edição em Inglês: Adorno, TW (1973). Dialética negativa (trans: Ashton, EB). Londres: Routledge.

 7. Banco de dados on-line

Base de dados de emigrantes alemães (1998). Historisches Museum Bremerhaven. http://www.deutsche-auswanderer-datenbank.de. Acessado em 21 de junho de 2007.

  8. Site de organização

ISSN International Center (2006). O registro ISSN. http://www.issn.org. Acessado em 20 de fevereiro de 2007.

Antes da submissão -Caso o(s) autor(es) deseje(m), poderão conferir a adequação do manuscrito às normas da Revista, utilizando o Checklist (clique para seguir o link)

Aceitação final dos artigos

O resultado da avaliação “cega” por pares de pareceristas ad hoc, juntamente com o parecer do Conselho Editorial, é expresso por um dos seguintes itens:

  1. Poderá ser publicado sem alterações.
  2. Poderá ser publicado mediante pequenas alterações
  3. Poderá ser publicado mediante importantes alterações
  4. Não tem indicação para publicação nesta revista

No caso de o resultado da avaliação corresponder aos itens 2 ou 3, o autor principal será informado das alterações necessárias, bem como do prazo para o reenvio do artigo, com as modificações requeridas/sugeridas.

 

 

Usuário